Imprimir
PDF

Competências e Habilidades do Ensino Fundamental I

Ao final do Ensino Fundamental, espera-se que o aluno desenvolva as seguintes competências:

MATEMÁTICA

- Reconhecer e valorizar os números, as operações numéricas, as contagens orais e as noções espaciais como ferramentas necessárias no seu cotidiano;

- Ter confiança em suas próprias estratégias e na sua capacidade para lidar com situações matemáticas novas utilizando seus conhecimentos prévios.

- Comparar acontecimentos no tempo.

- Interpretar e produzir escritas numéricas.

- Compreender o processo de agrupamento dentro do Sistema de Numeração Decimal.

- Ler, interpretar e resolver situações problemas que envolvam operações de adição e subtração.

- Identificar relações de posição entre pessoas e objetos no espaço, interpretar e fornecer instruções usando terminologia adequada.

- Dimensionar o espaço, percebendo relações de tamanho e forma.

- Identificar objetos conforme suas dimensões relacionando-os com as formas geométricas.

- Construir gradativamente a noção de anterioridade, posterioridade e simultaneidade.

- Desenvolver o raciocínio matemático.

- Perceber semelhanças e diferenças entre objetos no espaço.

- Construir o significado do número natural a partir da contextualidade social.

- Compreender gradativamente o processo de agrupamento e de transferência das ordens ao Sistema de Numeração Decimal.

- Formular hipóteses sobre a escrita numérica pela identificação da quantidade de algarismos e da posição.

- Compreender alguns dos significados das operações, em especial a adição e a subtração, com noções gerais da divisão e da multiplicação.

- Reconhecer que diferentes situações podem ser resolvidas por uma única operação e que diferentes operações resolvem um mesmo problema.

- Compreender o processo de adição com agrupamento para a dezena e da subtração com desagrupamento.

- Reconhecer grandezas mensuráveis, comparando grandezas da mesma natureza fazendo estimativas de resultados.

- Conhecer meios para a verificação de resultados.

- Expressar e representar o resultado de uma medição, gradativamente, pela terminologia adequada: m,g,1,ºC.

- Ler e construir tabelas e gráficos.

- Elaborar estratégias pessoais de estimativas, de cálculo mental e de orientação espacial, por meio do raciocínio lógico, para resolução de problemas cotidianos simples.

- Analisar informações provenientes de diferentes fontes, utilizando ferramentas matemáticas, na formação da opinião própria que permita uma expressão critica, em problemas atuais.

- Identificar formas geométricas que compõem o mundo por meio da utilização do conhecimento de seus elementos e de suas propriedades, para desenvolver novas possibilidades de ação em sua vida cotidiana.

- Compreender e utilizar as regras do sistema de numeração decimal para leitura, escrita, comparação e ordenação de números.

- Analisar situações problema, interpretá-las, e resolve-las, além de calcular operações por meio de estratégias.

GEOGRAFIA

- Ter uma imagem positiva de si ampliando sua autoconfiança, identificando cada vez mais suas limitações e possibilidades;

- Identificar e enfrentar situações de conflitos, utilizando seus recursos pessoais, respeitando as outras crianças e adultos e exigindo reciprocidade.

- Reconhecer-se semelhante e diferente dos outros, identificando-se como parte formadora de um grupo.

- Identificar em diferentes comunidades, as profissões e as formas de trabalho existentes, bem como suas atribuições e os locais onde se desenvolvem.

- Identificar as necessidades básicas (moradia, saúde, vestuário, alimentação) do ser humano em geral e compreender que todo homem tem direito a usufruir desses benefícios.

- Identificar e reconhecer a origem de diversos materiais utilizados em construções e as mudanças que ocorrem no meio ambiente em decorrência da retirada de matérias da natureza.

- Reconhecer a importância do trabalho e a interdependência entre as diferentes atividades profissionais.

- Estabelecer relações de passado, de presente e de futuro a partir da sua própria história de vida.

- Conhecer e valorizar os direitos das crianças e dos adolescentes, tendo como diretriz a Lei no 8.069, de 13 de julho de 1990, que institui o Estatuto da Criança e do Adolescente.

- Valorizar ações de cooperação e solidariedade, desenvolvendo atitudes de colaboração e compartilhando suas vivências.

- Compreender as regras de convívio escolar.

- Desenvolver as habilidades motoras básicas.

- Compreender as noções de lateralidade, tempo e espaço.

- Reconhecer principais meios de transportes terrestres, aéreos e aquáticos.

- Analisar seus movimentos no tempo e no espaço: como são os deslocamentos e qual a velocidade dos movimentos.

- Perceber a função da alimentação sobre a qualidade do desempenho físico.

- Reconhecer os diversos meios de comunicação, a forma de utilizá-los e sua evolução.

- Perceber a apropriação e a transformação da paisagem local pela ação de variados grupos sociais.

- Reconhecer a importância dos sinais de trânsito e sua função.

- Reconhecer o Distrito Federal em sua diversidade e especificidades regionais, seus aspectos políticos, socioeconômicos, culturais, ambientais, administrativos, etc.

- Analisar informações provenientes de tempo e clima.

- Compreender a importância de se dar um destino adequado ao lixo, separando os materiais recicláveis da matéria orgânica.

- Compreender a Localização do DF dentro de um espaço.

- Identificar quais são os 3 poderes que fazem parte do governo do Distrito Federal.

- Reconhecer as Regiões administrativas que fazem parte do DF.

- Valorizar as múltiplas formas de expressão dos diferentes povos, preservando a memória e o patrimônio sociocultural.

- Reconhecer que os conhecimentos geográficos adquiridos fazem parte da construção da cidadania e que os homens constroem, se apropriam e interagem com o espaço geográfico de forma bastante diversificada.

- Reconhecer o Brasil em sua diversidade e especificidades regionais, seus aspectos políticos, socioeconômicos, culturais e ambientais.

- Reconhecer os fatores que influenciam no modo de vida da população e ser capaz de posicionar-se, criticamente argumentar e elaborar propostas para o exercício pleno da cidadania, dentro de uma sociedade democrática e globalizada.

CIÊNCIAS (NATUREZA E SOCIEDADE)

- Relacionar bons hábitos de higiene, de alimentação e de atividades físicas a uma boa saúde.

- Reconhecer alterações provocadas pelo esforço físico, mediante a percepção do próprio corpo.

- Perceber o corpo executando diferentes movimentos e posições, em situações de relaxamento e de tensão.

- Estabelecer algumas relações entre o modo de vida característico do seu grupo social e de outros grupos.

- Estabelecer algumas relações entre o meio ambiente e as formas de vida que ali se estabelecem, valorizando sua importância para a preservação das espécies para a qualidade de vida humana.

- Identificar as fases da vida do ser humano, dos animais e plantas (crescem, nascem, reproduzem-se e morrem) e reconhecer que o ciclo vital é característica comum a todos os seres vivos.

- Identificar a paisagem local: suas origens e organização, as manifestações da natureza em seus aspectos biofísicos, as transformações sofridas ao longo do tempo.

- Reconhecer a importância de uma atitude responsável de cuidado com o meio em que vive.

- Reconhecer-se como parte integrante do ambiente.

- Perceber ambientes naturais e ambientes construídos.

- Identificar semelhanças e diferenças no corpo e no comportamento do ser humano e de outros animais.

- Reconhecer a importância da preservação e da manutenção do ambiente em que vive.

- Adquirir atitudes e comportamentos favoráveis à preservação da saúde em relação à higiene corporal e ambiental modos de transmissão e de prevenção de doenças contagiosas.

- Perceber que a transformação dos recursos naturais em produtos industrializados é necessária à vida humana.

- Conhecer como se aproveita a água dos rios.

- Reconhecer a importância da vegetação.

- Identificar a situação ambiental da sua localidade: proteção e preservação do ambiente e sua relação com a qualidade de vida e de saúde.

- Reconhecer que o tempo varia de estação para estação.

- Perceber seu próprio corpo, seu processo de crescimento e seu desenvolvimento.

- Adotar bons hábitos, posturas e atitudes corporais.

- Analisar e compreender as alterações que ocorrem em seu corpo durante e depois das atividades.

- Identificar transformações que ocorrem no corpo e no comportamento dos seres humanos, quanto ao sexo, à idade e à etnia.

- Adquirir atitudes e comportamentos favoráveis à preservação da saúde em relação aos modos de transmissão e de prevenção de doenças contagiosas (vacinas).

- Identificar processos artesanais ou industriais da produção de objetos e alimentos.

- Reconhecer a importância do solo, as transformações, componentes, diferenças e os cuidados que devemos ter na preservação quanto a evitar a erosão.

- Identificar as diferentes relações que os seres vivos mantêm entre si e com o meio ambiente em que vivem para garantir a sobrevivência da espécie.

- Desenvolver hábitos de higiene adequados tanto coletiva, quanto individualmente para prevenção de doenças.

- Ter noção de astronomia como origem do universo e do sistema solar.

- Compreender a ciências como processo de produção de conhecimento e como uma atividade humana histórica associada a aspectos de ordem social, econômica, política e cultural.

- Compreender a saúde pessoal, social e ambiental como bens, individuais e coletivos, que devem ser promovidos pela ação dos diferentes agentes.

- Formular questões, diagnosticar e propor soluções para problemas reais, a partir de elementos das ciências naturais, colocando em prática conceitos, habilidades, procedimentos e atitudes desenvolvidas no aprendizado escolar.

LÍNGUA PORTUGUESA

- Familiarizar-se com a escrita por meio do manuseio de livros, revistas e outros portadores de texto e da vivência de diversas situações na qual seu uso se faça necessário;

- Escutar ativamente a leitura de diversos textos.

- Reconhecer o seu nome escrito, sabendo aplicá-lo nas diversas situações do cotidiano;

- Compreender o significado nas mensagens orais.

- Saber interpretar situações comunicativas que acontecem ao seu redor.

- Desenvolver a leitura e interpretação de textos.

- Expor oralmente temas estudados.

- Compreender o sistema de ordem alfabética.

- Expressar oralmente a compreensão da mensagem da qual é destinatário.

- Transmitir a mensagem, utilizando a linguagem oral, com desenvoltura, procurando adequá-la a intenções e a situações comunicativas.

- Produzir e reproduzir textos orais (individualmente e coletivamente), observando a ordem cronológica dos fatos e o assunto tratado, observando a relação tempo/causa dos fatos.

- Conhecer e compreender gradativamente o funcionamento do sistema de escrita alfabética.

- Ler e escrever gradativamente de forma convencional.

- Ler para usufruir momentos de lazer e estabelecer relação entre realidade e fantasia.

- Utilizar estratégias de decifração, seleção, inferência e verificação, combinando-as à leitura de textos previstos para a série.

- Produzir textos escritos, observando os aspectos notacionais e discursivos.

- Adequar os procedimentos de leitura aos objetivos da própria leitura.

- Desenvolver atitudes críticas em relação à produção de textos próprios ou alheios.

- Usar a escrita como forma de expressão subjetiva: traduzir emoções, escrever o que pensa e sente.

- Compreender o significado nas mensagens orais, considerando os propósitos e as intenções do autor.

- Adequar à linguagem às situações comunicativas mais formais.

- Desenvolver atitude crítica em relação à leitura e à produção de textos, alheios ou próprios.

- Saber participar das diferentes situações de intercâmbio da linguagem oral, com desenvoltura.

- Articular a parte do texto já escrita ao planejamento da parte que ainda vai escrever durante o processo de redação.

- Identificar os vários modos de falar, nas diversas situações de interlocução, diante de diferentes interlocutores.

- Compreender o funcionamento do sistema de escrita alfabética.

- Aplicar conhecimentos sobre diversos gêneros de textos escritos à ampliação das possibilidades de comunicação e de expressão.

- Produzir textos escritos, coesos e coerentes, considerando o leitor e o objeto da mensagem, começando a identificar o gênero e os suportes adequados à intenção comunicativa.

- Escrever textos dos gêneros previstos para a cada serie, utilizando a escrita alfabética e preocupando-se com a forma ortográfica.

- Imprimir, gradativamente, qualidade aos textos, quanto ao conteúdo, à estética.

- Compreender textos orais de diversos gêneros presentes em situações de interação social, respeitando as diferentes manifestações da linguagem.

- Compreender e interpretar textos escritos que circulam na sociedade e perceber as diferentes dimensões da leitura: o dever de ler, a necessidade de ler e o prazer de ler.

- Demonstrar o domínio da linguagem oral em situações de interação social e de exercício da cidadania.

- Escrever, produzir textos dominando a separação em palavras, ortografia e utilizando aspectos gramaticais estudados.

HISTÓRIA

- Perceber e compreender a formação de vários tipos de família, reconhecendo-a como instituição social formadora do desenvolvimento pessoal de seus integrantes.

- Compreender a relação e o papel social que cada um tem dentro da família.

- Reconhecer as transformações ocorridas na estrutura familiar ao longo do tempo.

- Perceber e respeitar semelhanças e diferenças culturais, hábitos, costumes, etnias.

- Identificar transformações e permanências nas vivências culturais (materiais e artísticas) e socioeconômicas da coletividade no tempo.

- Reconhecer, respeitar e valorizar diversos aspectos da história e da cultura que caracterizam a formação da população brasileira, a partir desses dois grupos étnicos, tais como o estudo da história da África e dos africanos, a luta dos negros e dos povos indígenas no Brasil, a cultura negra e indígena brasileira e o negro e o índio na formação da sociedade nacional, resgatando as suas contribuições nas áreas social, econômica e política, pertinentes à história do Brasil.

- Reconhecer, no cotidiano, as referências espaciais de localização, orientação e de distância, de modo a deslocar-se com autonomia e representar os lugares onde vive e se relaciona.

- Identificar a moradia como uma das necessidades básicas do ser humano.

- Identificar as principais variações que ocorrem num determinado ambiente, em momentos diferentes de um mesmo dia, reconhecendo a importância dos agentes físicos para as modificações que ocorrem no tempo.

- Compreender a relação e o papel social que cada um tem dentro da instituição escolar, levando em conta as transformações e as permanências ao longo do tempo.

- Perceber e relacionar as mudanças ocorridas que influenciaram a vida cotidiana da comunidade.

- Identificar as transformações sociais, econômicas nas famílias da sociedade brasileira e nas de outras culturas.

- Realizar conceitos mensuráveis de espaço e tempo.

- Distinguir os fatos acontecidos para a mudança da capital.

- Conhecer a história das Regiões administrativas que fazem parte do DF.

- Valorizar as múltiplas formas de expressão dos diferentes povos, preservando a memória e o patrimônio sociocultural.

- Valorizar as múltiplas formas de expressão dos diferentes povos, preservando a memória e o patrimônio sociocultural.

EDUCAÇÃO ARTÍSTICA

- Explorar e identificar elementos da música para se expressar, interagir com os outros e ampliar seu conhecimento de mundo.

- Perceber e expressar sensações, sentimentos e pensamentos por meio de improvisações, composições e interpretações musicais.

- Produzir trabalhos de arte, utilizando a linguagem do desenho, da pintura, da modelagem, da colagem, da construção, desenvolvendo o gosto, o cuidado e o respeito pelo processo de produção e criação.

- Controlar gradualmente o próprio movimento, aperfeiçoando seus recursos de deslocamento e ajustando suas habilidades motoras para utilização em jogos, brincadeiras, danças e demais situações.

- Utilizar os movimentos de preensão, encaixe, lançamento, etc., para ampliar suas possibilidades de manuseio dos diferentes materiais e objetos.

- Apropriar-se progressivamente da imagem global de seu corpo, conhecendo e identificando seus segmentos, elementos e desenvolvendo cada vez mais uma atitude de interesse e cuidado com o seu corpo.

- Perceber a relação estética entre objetos, formas, luz, som e movimentos.

- Refletir dobre a sua própria produção artística e a produção alheia, num dado contexto.

- Desenvolver a sensibilidade artística.

- Exercitar a imaginação criadora.

- Valer-se da intuição, juntamente com a razão, na formulação de hipóteses e na resolução de problemas referentes à arte (que material usar, como, porque usar, som que finalidade, qual sua adequação).

- Cultivar a curiosidade como propulsora da construção artística.

- Perceber a flexibilidade como condição para o fazer artístico.

- Construir significação por meio da realização de formas artísticas.

- Expressar-se e comunicar-se de diferentes maneiras, por meio das diversas linguagens artísticas.

- Relacionar os modos de produção artística aos meios socioculturais.

- Edificar propostas artísticas pessoais ou grupais com base em intenções próprias.

- Assimilar formas artísticas elaboradas por pessoas ou grupos sociais, sem perder seu modo de articular tais informações ou sua originalidade.

- Acolher a diversidade do repertorio cultural.

- Reconhecer semelhanças e contrastes, qualidades e especificidades na arte dos diferentes povos ou comunidades.

- Apreciar formas artísticas na natureza e em produtos de arte, nas varias linguagens, desenvolvendo a fruição estética e crítica.

- Perceber seu próprio percurso criador, observando aspectos do processo: limitações, procedimentos, técnicas, resultados.

- Construir uma relação de autoconfiança com a produção artística pessoal e com o conhecimento estético.

- Construir autonomia no agir no pensar da arte.

- Reconhecer as propriedades expressivas e construtivas de diferentes materiais, suportes (telas, quadro, folhas de papéis, parede, objetos, tecido, etc) e técnicas na produção de formas visuais.

- Reconhecer e analisar formas visuais presentes na natureza.

- Gerenciar as atividades do corpo com autonomia.

- Realizar produções artísticas pesquisando, explorando, analisando e utilizando os elementos materiais e formais da linguagem visual, em diferentes possibilidades estéticas e comunicacionais.

LÍNGUA ESTRANGEIRA

- Adquirir e armazenar conhecimentos lingüísticos e culturais ao seu conhecimento de mundo e conhecimento sistêmico adquiridos, ao longo do processo de aprendizagem da Língua Inglesa, para ser capaz de se posicionar e de interferir em diferentes momentos e formas de comunicação.

- Reconhecer a importância da interação sociocultural dos diferentes povos e países, e adquirir uma consciência critica do seu próprio mundo, possibilitando o seu engajamento num mundo plural e exercendo o seu papel como cidadão do seu país e do mundo.